terça-feira, 13 de julho de 2010

VENCENDO BEN-HADADE, O SAQUEADOR DAS ALMAS (1 REIS 20.1-21)

  A história do povo de Deus marcada por altos e baixos. Percebemos claramente que quando o povo dava ouvidos à voz profética, isto é, às instruções de Deus, esse povo prosperava. Mas quando esse mesmo povo desprezava as instruções de Deus, eram surpreendidos pelos inimigos, muitas vezes, incitados pelo próprio Deus como uma forma corretiva de tratar com seu povo.
  A era monárquica de Israel e a era profética, de certa maneira se fundiram. Os reis governavam, segundo as instruções proféticas. Mas nem todos os reis ouviam essas instruções, como foi o caso do Rei Acabe. No entanto, em um dos momentos raríssimos de sua vida, ele demonstra um pouco de coragem num misto de acertos e erros no seu reinado.
  Israel foi invadido por um rei da Síria chamado Ben-Hadade, que traduzindo significa “filho do deus da tempestade”. De fato, esse homem, veio trazer tempestade para Israel. Esse homem mesquinho e conquistador manda suas tropas cercarem Israel e faz algumas exigências. Meus amados, existe um Ben-Hadade maligno fazendo sempre suas exigências, que é o próprio Satanás. Notem que Ben-Hadade envia mensageiros para tomar todo o que Acabe tinha de mais valioso em Israel. Acabe atravessou nesse momento uma grande crise de valores.
  Sua crise de valor se torna evidente, quando ele, ao perceber que ficaria talvez apenas com a roupa do corpo, protesta, buscando agora, uma orientação dos sábios de Israel. (v.5-7). Meus amados, não podemos abrir mão do que Deus tem nos dado, seja família, seja bens, seja saúde, seja a comunhão com Deus... não podemos entregar à Ben-Hadade. Os sábios dão instruções a Acabe, que pelo menos aqui resolve seguir, e escapa de Ben-Hadade. Essas instruções nos traz os métodos de Deus para vencermos às exigências de Ben-Hadade, o homem que vem trazer tempestade para nossas vidas, e nos ajudam a vencê-lo:
  1) NÃO DÊ OUVIDOS À VOZ DO SALTEADOR DE ALMAS (V.8a). Queridos, Satanás nunca descansará. Ele sempre retorna para fazer suas exigências, para saquear nossa paz, destruir nossa comunhão com Deus e matar a nossa alma. Esse era o objetivo de Ben-Hadade: roubar, matar e destruir. Acabe na primeira vez, deu ouvidos às ameaças desse homem e se acovardou. Não de ouvidos às suas exigências. Não temos que dar nada à Satanás. Devemos nossas vidas todo o que somos e temos à Jesus. Não dê ouvidos às ameaças de Ben-Hadade (satanás).
  2) NÃO FAÇA CONCESSÕES (V.8b).Não podemos abrir mão do que Deus nos dá. Acabe, na primeira vez cedeu e abriu mão do que ele tinha de mais valor. Descobrimos aqui, meus queridos que o rei de Israel atravessava uma grande crise de valores, pois abriu mão daquilo que era mais valioso em sua vida. Sua família (mulheres e os mais fortes de seus filhos) (v.3). o pior é que o rei de Israel, se colocou como servo, ao dispor desse homem pagão que não iria parar em suas exigências (v.4). Não devemos nada à satanás. Não abra mão de sua família, seus relacionamentos, sua paz, o amor no lar, a harmonia de Deus em sua vida, seus bens, enfim, sua comunhão com Deus. Não negocie com satanás. Ele não tem direito nenhum sobre sua vida. Chega de concessões. Acabe num dos raros momentos de firmeza e coragem obedece à Deus e permanece firme, e não abre mão de mais nada em seu palácio. (V.9).
  3) RESPONDA FIRMEMENTE ÀS AMEAÇAS DE BEN-HADADE (V.11). Ben-Hadade, faz suas ameaças ironizando, dizendo que Israel não seria forte e numeroso o bastante como seu exército (V.10). A resposta de Acabe foi uma resposta de fé: “...não se gabe quem se cinge como aquele que vitorioso se descinge” (V.11). Em outras palavras, “Ben-Hadade, não cante vitória antes da hora, ainda não acabou, não tenho medo de você”. Essa é a resposta que eu e você precisamos dar aos salteadores das nossas almas. “nós não temos medo”. Não se acovarde, meu amado. Deus é maior e mais forte que Ben-Hadade. Você e Deus são a maioria contra Satanás e suas tropas.
  4) NÃO ESPERE QUE ALGUEM TOME A INICIATIVA PARA VOCÊ (V. 14). Acabe esperava quem alguém liderasse o exército de Israel e se esqueceu de que ele mesmo é quem deveria fazê-lo. Após sua resposta nos vs. 9 e 11, a guerra foi oficialmente declarada por Ben-Hadade (v. 12). Mas Deus estava no controle. O número de soldados de Israel foi aumentando. Os chefes das províncias que eram curiosamente 200 vezes mais o número dos reis aliados de Ben-Hadade, agora ajuntam um exército de 7 mil soldados. Mas precisavam de alguém para liderar o confronto. Acabe pergunta ao homem de Deus: “Quem vai liderar esse exército?” o profeta responde: “É você mesmo Acabe.” Não espere por outro. Meu irmão não espere que alguém lute por você e assuma sua guerra contra Ben-Hadade, o salteador de almas. Você precisa se prontificar e tomar coragem nessa luta.
  Nos vs. 16-21, Deus intervém na história de Israel, e liderado por Acabe, o povo de Israel humilha os sírios que são feridos em grande número nessa batalha, e os fazem fugir amedrontados. O próprio Ben-Hadade, o saqueador foge a cavalo para não ser morto. Meu amado se você não se acovardar diante de Ben-Hadade (satanás) você terá condições de vencê-lo. Resista, meu amado, não abra mão das coisas mais valiosas que o Senhor te deu. Ben-Hadade fugiu de Acabe porque ele resistiu. E isso se cumprirá em sua vida também se você resistir: “Sujeitai-vos, portanto a Deus; mas resisti ao diabo e ele fugirá de vós”. Que Deus te abençoe e que essa Palavra se cumpra sobre a sua vida. Rev. Adeir Goulart da Cruz

2 comentários:

  1. Pastor, amei essa mensagem, que Deus te de sabedoria e te fortaleça. Carlos Magno

    ResponderExcluir
  2. OTIMA MENSAGEM VINDA DO CORAÇÃO DE dEUS PARA SEU POVO QUE VEM SENDO DESACREDITADO E AFRONTADO PELO INIMIGO. UMA BENÇÃO EM TEMPOS DE GUERRA.

    ResponderExcluir

Comente o que você achou desse blog ou das mensagens postadas.